sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Os Discos Ao Vivo De Roberto Carlos !


Olá Súditos !

Hoje, cá estamos, depois de um revival de "Roberto Carlos e Os 3 Porquinhos", para dar continuidade ao Projeto RC 50 Anos, que temos seguido este ano em nosso blog, e que tem por norte relembrar toda a carreira do Rei Roberto Carlos.


Na matéria de hoje, relembraremos os discos "Ao Vivo" de Roberto Carlos, um tipo de lançamento especial, que sempre traz uma emoção diferente dos de estúdio.

Para comprar os CDs, clique nas capinhas.

O primeiro disco Ao Vivo do Rei foi em 1988, com o título "Ao Vivo", numa época em que discos desse estilo não eram tão comuns. Mais uma vez, o Rei foi um dos primeiros em algum ramo artístico. O disco tinha a base do show Detalhes, que estreou em 1987, e é um dos melhores discos da carreira de Roberto Carlos. No ano passado, Diego Bachini Lima, nosso coautor, escreveu uma análise desse disco, e você pode reler clicando aqui.

Depois de muito tempo sem lançar um ao vivo, em 1998 Roberto Carlos se viu impossibilitado, por problemas pessoais, de terminar o tradicional disco de final de ano. Apenas 4 músicas estavam prontas, e o Rei se utilizou de 6 números de um show Romântico realizado no Olympia, em São Paulo (em que, diga-se de passagem, nosso repórter Rafael Avena esteve presente) para completar o disco, que não pode ser considerado um "ao vivo", mas que, por trazer estes 6 números, é relembrado por nós aqui.

O disco de 2001, segundo Roberto Carlos, foi apenas a realização de um pedido de Maria Rita, a 3ª esposa do cantor. Ela queria muito que o Rei gravasse um CD e um DVD Acústico, pela MTV, aproximando-se um pouco mais dos jovens. O Rei realizou o pedido da amada dois anos após sua morte, em duas apresentaçãos, nos dias 9 e 10 de maio de 2001. O registro fonográfico saiu no final daquele ano, sem as canções "Olha" e "Eu Quero Apenas", que estiveram no show original. Este lançamento gerou uma polêmica envolvendo a Rede Globo, com quem o artista tinha um contrato desde 1974, e a MTV, detentora dos direitos do Acústico. Roberto sempre se mantinha imparcial, fazendo apenas o seu trabalho como músico, e não se metia na polêmica. Depois de inúmeros acordos, o disco saiu, mas esse é o único Acústico que a MTV não pode exibir. A música de trabalho foi "Todos Estão Surdos".

Em 2002, o disco Pra Sempre já estava praticamente pronto, e o próprio Roberto Carlos já havia anunciado oficialmente o lançamento desse disco, e o título da nova canção. Entretanto, por conta do detalhismo do Rei, o disco não saiu na data marcada, mas apenas um ano seguinte. A solução foi utilizar uma parte do áudio do show em comemoração aos 90 anos do Bondinho do Pão De Açúcar, RJ, para lançar o disco "Roberto Carlos Ao Vivo 2002". É importante ressaltar que o show aconteceu no dia 17 de novembro, e o disco foi lançado dia 18 de dezembro. Muita gente reclama da qualidade desse disco, sem observar as condições em que ele foi produzido. Além do áudio do show, uma inédita, "Seres Humanos", e dois remixes de músicas antigas: Se Você Pensa e O Calhambeque.

Em 2004, depois do lançamento de Pra Sempre, a música fez muito sucesso, e Roberto Carlos fez um show com esse nome. O show, diferentemente do que dissemos na matéria dedicada a ele, na Série "O Meu Coração É Como Um Palco", estreou no dia 02 de julho de 2004 em Porto Alegre. E fez o maior sucesso também. No dia 23 de outubro chegou ao Pacaembu, em show que também já mereceu uma matéria no blog, como um dos shows mais importantes da carreira do Rei. O show foi tão importante que virou CD e DVD no final do ano, lançado em coletiva juntamente com o box Anos 60 da coleção Pra Sempre, que trouxe todos (ou quase todos) os discos de Roberto remasterizados. O lançamento se chamou "Roberto Carlos - Pra Sempre Ao Vivo No Pacaembu."

Em 2007, Roberto Carlos voltou, depois de 9 anos, aos palcos dos EUA, em Miami. E lá fez, também, um dos shows mais importantes de sua carreira (releia matéria aqui). Dois shows, em 24 e 25 de maio de 2007. O show, era projeto de Roberto Carlos, viraria CD e DVD no final daquele ano, o que não aconteceu, por falta de tempo, segundo o artista, para melhorar o áudio. Acabou sendo lançado em julho de 2008, "Roberto Carlos En Vivo". Nosso blog, inclusive, foi o primeiro site da internet a noticiar o lançamento, com capa e repertório.

Ainda em 2008, em agosto (um mês depois do lançamento de En Vivo) Roberto Carlos subiu ao palco do Teatro Municipal de São Paulo, onde cantou, ao lado de Caetano Veloso, as canções mais famosas do repertório de Tom Jobim, em uma homenagem aos 50 anos da bossa nova. O show virou CD e DVD no final daquele ano, com o título "Roberto Carlos E Caetano Veloso E A Música De Tom Jobim", e fez um grande sucesso.

Recentemente, em 2009, mais precisamente no final de agosto, foi lançado mais um disco ao vivo. Trata-se do registro fonográfico do show Elas Cantam Roberto. Teatro Municipal De São Paulo. As 20 maiores cantoras do país. O maior cantor do Brasil entre elas. Tudo isso lançado em CD duplo, com muitos encartes e livretos com letras. Há a previsão de que o DVD saia em outubro. O disco se chama Elas Cantam Roberto Carlos.

Há ainda a previsão de que sejam lançados mais discos ao vivo em 2009 e 2010, como o registro do show do Rei no Maracanã, o registro do show que o Rei fará com bandas de rock em 2010, o RC Rock Symphony, e o registro do show que ele fará com cantores sertanejos, o Emoções Sertanejas. Sejamos realistas... São ou não são muitas emoções?

Próxima Matéria
Próxima sexta estaremos de volta com uma matéria sobre Duetos Memoráveis - Parte 1.

Um Forte Abraço
James Lima
Equipe RCB
Teresina - Piauí - Brasil

Compre CDs e DVDs de Roberto Carlos !


Esta matéria pertence ao projetoProjeto RC 50 Anos • Blog *Roberto Carlos Braga* Leia mais sobre esse projeto clicando aqui.

Roberto Carlos canta em Lisboa, em janeiro !

12/10/2009 - 13:50 - O "rei" tem viagem marcada para Portugal em Janeiro de 2010 para três concertos no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. Os espectáculos fazem parte da digressão "Roberto Carlos 50 anos de músicas", que começou no dia de aniversário do cantor, a 19 de Abril, na sua cidade-natal, Cachoeiro de Itapemiri, e tem passado por várias cidades do Brasil. Acompanhado por uma orquestra de quinze músicos, Roberto Carlos passa em revista temas marcantes da sua trajectória profissional como Emoções, Cavalgada, Como é grande o meu amor por você, Outra Vez, Eu te amo te amo te amo, É preciso saber viver, Jesus Cristo e Detalhes.
O músico lançou recentemente um tema inédito, A Mulher Que Eu Amo, que faz parte da banda sonora da novela Viver a Vida, de Manoel Carlos, actualmente em exibição na SIC.

7 comentários. Clique aqui para comentar!:

Everaldo Farias disse...

Zé Jeimis,

Essa série é interessante! Gostaria de acrescentar apenas algumas coisas ao que foi dito:

No acústico, também ficou de fora Debaixo dos caracóis dos seus cabelos, que pareceu-me ter um arranjo parecido com o da gravação de 1998. Todos estão surdos foi a primeira música de trabalho e já tocou em setembro, mas em dezembro, quando o disco saiu, a canção trabalhada já era Eu te amo, te amo, te amo!

Vale lembrar que o cd do pacaembu apresentou duas versões: uma com o dvd, quase completa do show; e outra que saiu em meados de maio com a canção A volta, de bônus!

Poderemos ainda citar o duetos, que foi totalmente com gravações ao vivo, mas isso será post da próxima edição, como você falou!

Blog Música do Brasil
www.everaldofarias.blogspot.com

Um forte abraço a todos!

Vinícius Faustini disse...

James,

o RCB vem fazendo matérias muito boas e bem extensas para que nós conheçamos mais da obra de Roberto Carlos. E cada um destes discos "ao vivo" trazem uma peculiaridade.

O de 1988 é o que mais parece "disco feito para DVD". Aquele striptease poético merecia registro visual também, né? Me pareceu um esquema um pouco mais feito nos moldes de gravadora, trazendo 10 faixas. Pena que ficaram de fora grandes momentos como o pout-pourri com músicas de Tom Jobim e a homenagem a Frank Sinatra.

Num primeiro momento, os registros de 1998 e 2002 podem parecer "tapa-buracos", mas trazem momentos maravilhosos de RC no palco. Uma pena que o registro não trouxe o texto que Roberto falava antes de "De tanto amor", no qual citava Claudette Soares. O de 2002 me dá uma emoção fantástica: eu estava lá, e acompanhei cada parte do show.

O "Acústico MTV" merece todo aplauso, porque mesmo com o imbróglio entre Globo e MTV, o que se sobressaiu foi justamente o nome de ROBERTO CARLOS. E é um momento sensacional.

O "Pra sempre ao vivo no Pacaembu" é um momento especialíssimo, e faz justiça a um show de RC. Justiça que já devia ter sido feita na época do show "Detalhes".

O "En vivo" é maravilhoso pra gente porque traz Roberto cantando músicas que não interpreta no Brasil há algum tempo - "La distancia", "Que será de ti", "Cama y mesa" e "Yo solo quiero". E a imagem é um primor!

O show de Roberto e Caetano é antológico. Um trio (RC, Caê e Tom) no palco, numa reverência à Bossa Nova.

É, muitas emoções de palco levadas para o registro fonográfico. Muito bem lembradas.

Abraços, Zé James!

Vinícius Faustini

www.diariodeumsalafrario.blogspot.com

www.emocoesrc.blogspot.com

www.otempoeoplacar.blogspot.com

Rosario Mendonza disse...

Amigo James y equipo del blog:
Tengo la fortuna de tener algunos de los "En Vivo" del Rey Roberto Carlos:
"A o Vivo" de 1988.
"O Vivo" 1998.
"DVD Acústico" 2001.
"Roberto Carlos en Vivo" 2008.
"Roberto Carlos e Caetano e a música de Tom Jobim" 2008.
Todos los "En Vivo" estan hermosos y maravillosos.
Excelente información, que Dios los siga bendiciendo a todos.
Un saludo afectuoso de:
Rosario Mendoza

Cecilia Mendonza disse...

Hola que tal James:
¡¡Excelente reseña de los discos en vivo de Roberto Carlos!!,Rosario tiene 6 de los que mencionas en la reseña, a mi los dos que más me gustan son:
"Roberto Carlos Acístico" y "Roberto Carlos e Caetano Veloso e a música de
Tom Jobim", estan fantasticos!!.
Estare como siempre muy al pendiente del blog ya que tienen las mejores noticias.
¡¡¡Un fuerte abrazo lleno de cariño!!!.

Patricia disse...

Certamente, ainda teremos muitas emoções, James! Gosto muito do primeiro ao vivo lançado pelo Rei e o Acústico também foi marcante (este o meu pai escuta e também assiste ao dvd até hoje).
Beijos,
Patricia Guimarães

Felipe Moura disse...

E vem aí RC NO MARACA!

Parabéns pela reportagem bicho!

Abraços!

Felipe Moura
Da Vitrine e do REY RC.

www.vitrinebrasileire.blogspot.com

www.reyrobertocarlos.blogspot.com

Anônimo disse...

Por favor me digam que não estou sonhando e que está aqui escrito que o REI virá a Lisboa em Janeiro???
Aguardo mais noticias sobre esse fantástico show!!

Adelina Trindade

Portugal