sexta-feira, 8 de agosto de 2008

O Meu Coração É Como Um Palco - 'Coração'

Olá amigos !

Passada a tempestade de notícias do CD e DVD En Vivo, e até mesmo do CD do fim de ano, cuja novidade publicada você já viu na mensagem que abre essa página, cá estamos nós para dar continuidade à série que trata dos shows estrelados por Roberto Carlos, dessa vez, o show Coração.

Um dos shows mais "inconstantes" do Rei, o show teve duas reformulações, sendo estreado novamente a cada mudança. Período em que esteve "em cartaz": De 22/fevereiro/91 a 14/abril/91 - Canecão - Rio de Janeiro (RJ)
de 23/janeiro/92 a 23/fevereiro/92 - reformulado - Canecão - Rio de Janeiro (RJ)
de 17/dezembro/92 a 10/janeiro/93 - reformulado - Imperator - Rio de Janeiro (RJ).

Eis o repertório da primeira fase:

Abertura
Cenário
Se você disser que não me ama
Meu ciúme
O coração dos compositores
Outra vez
O tolo
Por ela
Detalhes (retrospectiva)
O portão
Se você pensa
Medley: Jovem Guarda
Amante à moda antiga
Música suave
Além do horizonte
Aquarela do Brasil
Café da manhã
Amazônia
Quero paz
Eis o repertório da segunda fase:

Abertura - (RC canta um trecho de Fera Ferida antes de entrar no palco)
Cenário
Se você disser que não me ama
Meu ciúme
Por ela
Amazônia
Quero Paz
Café da manhã
Além do horizonte
Aquarela do Brasil
Medley: Coração dos compositores (Coração vagabundo / Carinhoso / Só louco / Explode coração)
Dueto com Robertinho Carlinhos (Eu Sou Terrível / Mexerico da Candinha / Namoradinha de um amigo meu)
Detalhes (músicas incidentais: Como é grande o meu amor por você / Sentado à beira do caminho / Não quero ver você triste)
Se você pensa
Música suave
Emoções
Medley:
Ele está pra chegar
Amigo
As curvas da estrada de santos
O show já terminou
Como já era de praxe, RC fez a temporada no Canecão e depois percorreu o Brasil com esse show.

O show tinha dois pontos altos: Um deles era a cena de RC dialogando com ele mesmo, na época da Jovem Guarda, onde ele dizia que chamaria "um menino, um menino... Robertinho Carlos ! Fala Robertinho !"
"Oi Robertão. Você é terrível !"
"Não, você é que é terrível..."
"Não, você é que é terrível..."

E assim começam a cantar a clássica Eu Sou Terrível, dando sequência com Mexericos Da Candinha e Namoradinha de um amigo meu, com direito a mudança de versos:
"RCzinho: Vou procurar alguém"
"RC: Vou procurar também."
"RCzinho: Pois comigo aconteceu gostar da namorada de um amigo meu"
"RC: O mesmo digo eu... Gostei da namorada de um amigo meu"

Um dos números mais aplaudidos de todos os shows de Roberto Carlos. Quem viu, jurava que o rei tinha voltado no tempo, e trazido ele mesmo do passado, para dentro de um telão. RC em 1966 falava de músicas que só seriam lançadas 10, 20 anos mais tarde, como citou Seus Botões.

Graças a um grande amigo, pude assistir esse momento em DVD. E ele me revelou como foi feito. Não revelarei seu nome, mas acho que é muito fácil saber. Só não posso dizer como foi feito pra vocês rsrsrsrsrs.

Outro ponto alto do show foi o medley do Coração dos Compositores, que nosso blog disponibilizou na internet para você assistir !
Nem são necessários mais comentários...


Bem, por enquanto é só. Fiquem de olho ! Na próxima sexta falaremos do show "Luz" !

Um abraço!
James Lima
Teresina-Piauí-Brasil

5 comentários. Clique aqui para comentar!:

Everaldo Farias disse...

James,

Por pouco não assisti a esse espetáculo e até hoje lastimo esse que seria um dos melhores, se não o melhor!

O repertório foi inconstante mesmo, ele também cantou Nêga em algumas apresentações, bem como as canções lançamentos dos discos daqueles anos!

Blog Música do Brasil
www.everaldofarias.blosgpot.com

Um forte abraço!

Vinícius Faustini disse...

Ai, ai, que gosto de infância veio agora através desse post, James... Me lembro, com meus sete/oito anos de idade lá em Vitória, vendo pela primeira vez um show de Roberto Carlos ao vivo, no Ginásio Álvares Cabral.

Primeiras das muitas emoções das muitas apresentações que vi de RC, primeiro em Vitória, e depois no Rio de Janeiro. Se não me engano, este primeiro setlist foi só para shows fechados ao grande público. Ah, e conforme vinham os LPs novos, as músicas eram incluídas.

No "Globo Repórter" intitulado "Roberto Carlos - Uma vida de emoções", Ronaldo Bôscoli comentou do estilo que RC impõe para seus shows. "Roberto, faz um show diferente, faz um show "Ciúme". E ele vai e diz Não, bicho, é Coração...". Afinal, um cantor que tem seu coração como um palco tem mais é de exprimir seus sentimentos em texto, letra e música...

Abraços, bicho!

Vinícius Faustini

www.emocoesrc.blogspot.com

Cynthia Coimbra disse...

James, adorei rever esse especial. Ele marcou uma época muito importante da minha vida. Talvez tenha sido tão lindo pois o Roberto tinha começado a namorar a Maria Rita. Muito bom.

Felipe Moura disse...

Gostei de você relembrar as duas fases desse show.

A cada dia fico mais indeciso quanto ao qual o melhor show do Rei...!?

Abraços!

Felipe Moura
do Blog El Rey Roberto Carlos
reyrobertocarlos.blogspot.com

Ocenilda disse...

Parabéns, amigo James. Cada show do Rei é uma "Emoçao" e esta diretamente ligado ao "Coraçao". Recordar é viver e o seu blog, a cada semana, me faz reviver momentos inesqueciveis da minha juventude fiel e acompanhando sempre o nosso Rei, em qualquer show ou qualquer iniciativa da vida dele. Mesmo do outro lado do mundo, eu continuo seguindo e acompanhando tudo de perto pela magia da Net e de seu Blog maravailhoso.
Um grande abraço.

Ocenilda, Verviers - Bélgica