sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Matéria especial - Roberto Carlos e Caetano Veloso

Olá amigos,

Antes de tudo queria pedir desculpas pelo atraso da matéria, que deveria ter saído hoje, às 07 da manhã, e está saindo agora. Infelizmente, compromissos profissionais impediram-me de atualizar o blog que, pela primeira vez, não estava pré-programado.

Pois bem, sexta feira passada foi dito que comentaríamos o show Amor, de 1996, mas é impossível deixar passar em branco as apresentações históricas que aconteceram essa semana: Roberto Carlos e Caetano Veloso.

No dia 22 de agosto de 2008, o brasa e Caê subiram ao palco do Teatro Municipal do Rio De Janeiro, emocionando anônimos e famosos. O roteiro do show, comentado em todos os lugares possíveis, você confere aqui.

• Início com gravação da abertura de Orfeu da Conceição
• Garota de Ipanema (Roberto e Caetano abrem o show logo depois do áudio gravado da introdução feita por João Gilberto, Tom e Vinicius, no show histórico no Au Bon Gourmet)
• Wave - Caetano e Roberto

Saem os cantores

• Águas de Março - canta Daniel Jobim

Parte de Caetano solo
• Por toda minha vida
• Ela é carioca
• Inútil paisagem
• Meditação
• Caminho de Pedra
• O que tinha de ser

Sai Caetano

• Surfboard (instrumental - regência de Jacques Morelenbaum)
• Estrada do Sol (trecho gravado com projeções de imagens no telão enquanto troca a banda de apoio)

Parte de Roberto solo
• Insensatez (com a letra em espanhol de Roberto)
• Por causa de Você letra de Dolores Duran)
• Lígia (continuando a partir das imagens do telão do dueto de Tom e Roberto em 1978)
• Corcovado
• Samba do Avião (com final grandioso que levantou o público)
• Eu sei que vou te Amar (com o soneto da fidelidade recitado)
Volta Caetano para duetos finais:
• Teresa da Praia
• A Felicidade
• Chega de Saudade
Primeiro bis:
• Se todos fossem iguais a você (dedicada ao próprio Tom)
Segundo bis:
• Chega de Saudade

(Colaboração: Felipe Moura)

O palco, muito bonito, conforme foto, com imagem de Tom Jobim, jovem, ao fundo, e a orquestra, trajada de azul marinho, um quase preto, por exigência do rei.

Os ensaios foram muito comentados. "A gente mandou fazer pastel pra ele, mandou fazer pastel, mas ele só come castanha" disse Roberto, sobre o gosto de Caetano pelo fruto do cajueiro. Além disso, muita gente falou sobre o gosto de Roberto Carlos pela novela das oito, da Rede Globo, A Favorita, que é a favorita do rei (o trocadilho foi proposital - risos -)

Os shows de São Paulo foram gravados pela Rede Globo, e serão exibidos na segunda semana de setembro, como um especial musical daquela emissora. E por falar em Rede Globo, o rei essa semana apareceu no Fantástico, numa entrevista ao lado do Caetano, para falar sobre o show. Eis o vídeo.



Vídeos do show vieram aos montes...

RJ TV



JORNAL DA GLOBO

É... Um espetáculo muito bonito que vai ficar para a história da Música Popular Brasileira.
E na próxima sexta (dessa vez sem atraso) voltaremos com uma matéria muito linda sobre o show Amor, de 1996.

Um forte abraço a todos
James Lima
Teresina-Piauí-Brasil

3 comentários. Clique aqui para comentar!:

Tadeu Prado disse...

Grande James... Como sempre com sacadas geniais e posts cada vez mais completos. Parabéns caçula. Um abraço do amigo e irmão... Tadeu Prado

::: HenryRoss ::: disse...

James, ótima postagem! e esse espetáculo histórico, bem que poderia gerar um DVD! Hein!

Abraço!

Anônimo disse...

Maravilha essa matéria bicho,rapaz me passe seu endereço completo para que eu possa te mandar o cd pela participação no meu blog(Logo)
eu acabei perdendo,e lá tem novidade e-mail-cabcavalcanti@utilissimo.com.br

blog pareinaontramao.zip.net
abraços

Carlos andré