sábado, 31 de maio de 2008

Roberto Carlos Narra Pedro e o Lobo


Olá amigos,

Agradecendo os comentários da postagem anterios, estamos aqui novamente, agora para falar sobre um disco um pouco diferente, lançado por Roberto Carlos, que nem é considerado parte de sua discografia.

Trata-se do divertido disco "Roberto Carlos Narra Pedro e o Lobo", onde o nosso eterno rei narra a história de Prokofiev.

Tudo começou quando o fantástico narrador Paulo Santos foi convidado para narrar uma releitura de "Pedro e o Lobo", pelo maestro Eleazar de Carvalho. No entanto, alguns compromissos assumidos antes o impediram de participar do trabalho, indicando um jovem cantor, bastante conhecido, chamado Roberto Carlos.

O maestro, os técnicos, enfim, todos gostaram da idéia, já que sabiam que Roberto buscava a perfeição em tudo o que fazia.

O disco, com narração de Roberto Carlos, foi lançado no dia 28 de maio de 1970, sendo, portanto, 38 anos completados na última quarta-feira.

Pedro e o Lobo é uma história muito divertida.

Pedro é um garoto que vive com o seu avô no campo russo. Um dia, Pedro deixa a porta do jardim aberta, o pato aproveita a oportunidade para ir nadar à lagoa. Começa a discutir com um pequeno pássaro (“Que tipo de pássaro é você, se você não pode voar?” - “Que tipo de pássaro é você, se você não pode nadar?”). O gato de Pedro aparece de repente e o pássaro (advertido por Pedro) voa para uma árvore alta.
O avô rabugento de Pedro tra-lo de volta para o jardim e fecha a porta no caso de algum lobo vir. Pouco depois “um grande, lobo cinzento” sai do bosque. O gato sobe pela árvore, mas o pato, que saiu da lagoa, é engolido pelo lobo.
Pedro vai buscar uma corda e passa por cima da parede do jardim para à árvore. Pede ao pássaro que voe em torno da cabeça do lobo, enquanto ele baixa uma corda para prender o lobo pela cauda.
Os caçadores saem dos bosques e disparam no lobo, mas Pedro pára-os. Todos levam o lobo ao jardim zoológico em uma procissão triunfante. No fim pode-se ouvir o pato dizer "quack" no estômago do lobo, “porque o lobo tinha-o engolido vivo.”
Em algumas versões, o pato sai do lobo enquanto este está pendurando da corda. Junta-se então a todos para levar o lobo para o jardim zoológico.

Fonte: Wikipédia

A história, criada pelo compositor russo Prokofiev, ganhou várias versões, e, em todas, cada personagem é representado por um instrumento. Antes de começar a narrar a história, Roberto Carlos diz cada instrumento, associado a cada personagem.


  • Pássaro: Flauta

  • Pato: Oboé

  • Gato: Clarinete

  • Avô: Fagote

  • Lobo: 3 trompas

  • Caçadores: Tímpano e bomba

  • Pedro: Cordas

A história data de 1936.

Fique atento ! Sexta-feira estaremos de volta novamente, com uma postagem pra lá de interessante !!!

Abraços
James Lima
Teresina-PI

Capa do disco: Acervo do diretor do blog, James Lima.

9 comentários. Clique aqui para comentar!:

Mazé Silva disse...

Que interssante, James!

Roberto narrando essa história do "Pedro e do Lobo ", deve ter sido magnífico e não poderia ser melhor!

Realmente tudo que Roberto faz é com perfeição, e uma narrativa na sua lindíssima voz, é muito prazeroso de ouvir-se.

Parabéns James pelas excelentes informações que eu não sabia.

Beijos da amiga.

Mazé Silva.

Felipe Moura disse...

O rei dos pequeninos, também!!!

Abraços!

Felipe Moura
www.reyrobertocarlos.blogspot.com

WENDEL disse...

EXCELENTE TRABALHO, COMO DE COSTUME... PARABÉNS PELO TRABALHO, PESQUISA E POR LEMBRAR SEMPRE DE NOSSO GRANDE ÍDOLO MAIOR.. PARABÉNS, GAROTO!!!

WENDEL

Vinícius Faustini disse...

Fala, diretor! Primeiramente, quero parabenizar pela "roupagem" que você colocou no blogue, ficou de fato interessante esta foto de RC nas laterais da tela. Comprova que nem sempre é necessária muita coisa mirabolante da cibernética para ficar bonita pros nossos olhos.

"Pedro e o lobo" é um grato momento em que Roberto Carlos dialogou com a música clássica. É bem interessante vermos o RC como contador de histórias (estamos sempre tão acostumados a vê-lo cantando histórias).

Pena que não tem aqui a transcrição do texto que RC narra.

Abraços, bicho!

Vinícius Faustini

www.emocoesrc.blogspot.com

Fabiano Cavalcante disse...

Parabéns pelo novo visual e pela lembrança do aniversário do disco Pedro e o Lobo.

Fabiano Cavalcante
www.aplauso.zip.net

Anônimo disse...

É muito gostoso ouvir Roberto Carlos narrando essa história. Disco este, presente no BOX ANOS 70; mas o tenho em Lp.
Beijos!
Leda Martins.

Paula (Portugal) disse...

Olá Mascote!...
Este teu blog cada dia nos surpreende mais, para melhor, é claro.
"Roberto Carlos narra Pedro e o Lobo" é um disco que não conhecia e que a partir de agora fiquei com grande interesse em ter acesso ao seu conteúdo.
O novo visual do blog está fantástico, bem atractivo e com muito bom gosto. É claro que só poderia ter como seu director geral o meu afilhado!...
Parabéns e um grande beijo da madrinha.

Ocenilda disse...

Amigo James,

O titulo do livro em 4 volumes que o Rei escreveu para homenagear a mae dele e todas as maes é o"Roberto Carlos em prosa e versos". Eu consegui os 4 volumes no site do Mercado Livre, sao poemas muito bonitos mesmo.

Beijos.

Ocenilda

Ocenilda disse...

Amigo James,

O titulo do livro em 4 volumes que o Rei escreveu para homenagear a mae dele e todas as maes é o"Roberto Carlos em prosa e versos". Eu consegui os 4 volumes no site do Mercado Livre, sao poemas muito bonitos mesmo.

Beijos.

Ocenilda