sábado, 21 de abril de 2007

Série Celebridades - Djavan


Oi Amigos !!

Que bom que estão visitando nosso flog !!! Depois de uma breve homenagem ao aniversário do nosso rei, continuamos a nossa série, porque, como diz o poeta, a vida não pára (tirei essa frase de algum livro... não recordo qual...).

Desta vez vamos homenagear um grande artista: o cantor Djavan. Roberto Carlos já gravou uma belíssima música de Djavan : "A Ilha", de 1980, que você está ouvindo agora.

Esta música tem uma informação interessante: Roberto Carlos pediu permissão a Djavan para alterar a letra de "um cheiro de amor empestado no ar" para "um cheiro de amor espalhado no ar".

Djavan participou dos programas RC ESPECIAL do ano de 1983 (onde cantou Meu bem querer e samurai) e do ano de 1996 (inclusive a foto é do citado especial).


Nascido em família pobre, a 27 de janeiro de 1949, em Maceió (AL), Djavan poderia ter virado raiz, mas a música mudou seu destino. Filho de mãe lavadeira, ainda garoto escutava-a cantarolar os sucessos de Ângela Maria e Nelson Gonçalves. Mas a música só veio a se revelar essencial para Djavan Caetano Viana na adolescência. O violão, aprendeu sozinho, olhando, ouvindo e acompanhando as cifras nas revistinhas do jornaleiro.

Assim como a cada lançamento busca ter prazer e se divertir, Djavan acredita que teria sido um arquiteto no mínimo feliz. De qualquer maneira, para quem o escuta com atenção, Djavan já revelou seu sentido há muito tempo “Cantar é mover o dom do fundo de uma paixão...”

ESCOLHA O NOSSO PRÓXIMO HOMENAGEADO CLICANDO AQUI

Espero o comentário e o voto de todos !!

Abraços,
James Lima
Teresina-PI
Brasil

Acompanhe a canção...
Abaixo vai a letra...

A ILHA - DJAVAN

Um facho de luz
Que a tudo seduz por aqui
Estrela brilhante reluz
Nesse instante sem fim
Um cheiro de amor
Espalhado no ar a me entorpecer
Quisera viesse do mar
E não de você

Um raio que inunda de brilho
Uma noite perdida
Um estado de coisas tão puras
Que move uma vida

Um verde profundo no olhar
A me endoidecer
Quisera estivesse no mar
E não em você

Porque seu coração é uma ilha
A centenas de milhas daqui
Porque seu coração é uma ilha
A centenas de milhas daqui

Um cheiro de amor
Espalhado no ar a me entorpecer
Quisera viesse do mar
E não de você

Um raio que inunda de brilho
Uma noite perdida
Um estado de coisas tão puras
Que move uma vida

Um verde profundo no olhar
A me endoidecer
Quisera estivesse no mar
E não em você

Porque seu coração é uma ilha
A centenas de milhas daqui
Porque seu coração é uma ilha
A centenas de milhas daqui

Porque seu coração é uma ilha
A centenas de milhas daqui
Porque seu coração é uma ilha
A centenas de milhas daqui.

1 comentários. Clique aqui para comentar!:

robertocarlosbraga.com.br disse...

Os comentários dessa matéria não constam mais nos nossos arquivos.